Sinal

« Back to Glossary Index

Na medicina, um sinal é algo que pode ser detectado ou medido, contrariamente a um sintoma que geralmente é uma experiência subjetiva da doença. Por exemplo, um sinal pode ser algo como sangue nas fezes, uma erupção cutânea que pode ser reconhecida por um médico ou uma temperatura corporal elevada. Por outro lado, um sintoma apenas pode ser experimentado (ou sentido) e reportado pelo doente, como por exemplo, dor de estômago, dorsalgia inferior e fadiga. Por vezes, um sinal pode não ser identificado pelo doente, mas é significativo e útil para que o médico realize o diagnóstico. Por exemplo:

Uma erupção cutânea – pode ser um sinal, um sintoma ou ambos.

  • Se o doente identificar a erupção cutânea é um sintoma.
  • Se o médico, enfermeiro ou qualquer outra pessoa (mas não o doente) identificar a erupção cutânea é um sinal.
  • Se tanto o doente como o médico identificarem a erupção cutânea é um sinal e um sintoma.

Uma dor de cabeça ligeira – apenas pode ser um sintoma.

  • Uma dor de cabeça ligeira apenas pode ser um sintoma uma vez que apenas é detetada pelo doente.
« Back to Glossary Index